Revista TriploV de Artes, Religiões e Ciências
Revista TriploV de Artes, Religiões & Ciências .
ns . nº 55 . dezembro 2015 . índice


 

José Pinto Casquilho (Portugal). Programa de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade Nacional Timor Lorosa’e (josecasquilho@gmail.com)

 
JOSÉ PINTO CASQUILHO

Os diamantes do Venturoso (pdf)
 
 

Resumo

Os diamantes famosos são símbolos de poder e distinguem-se por terem nomes próprios. Nas monarquias, os reis, as rainhas e demais membros da casa real, possuiam-nos e ostentavam-nos como propriedade efectiva e simbólica. Quando um poder régio se desvanecia transitavam para outro mais forte, muitas vezes envoltos no secretismo da transação. Neste escrito reconstitui-se a história de dois diamantes famosos com origem na Índia: o Sancy - ou o diamante com as armas do rei de Portugal -, e o Espelho de Portugal, de que há notícia terem pertencido a Carlos o Temerário, duque de Borgonha, filho de Filipe o Bom e Isabel de Portugal e que posteriormente pertenceram a Manuel I, o Venturoso, rei de Portugal. Do Sancy consegue-se retraçar a história até aos dias de hoje onde figura na galeria de Apolo no museu do Louvre. Do Espelho de Portugal perde-se o rastro em 1795.  De símbolos de poder absoluto do monarca, os diamantes famosos tornam-se forma de nobilitação dos milionários da era industrial, e também bens raros recuperados para o usufruto colectivo, manifestando em si os poderes que governam o mundo.

Palavras-chave: diamantes famosos; símbolos de poder; dinastia de Avis; Sancy; Espelho de Portugal.

Abstract

Famous diamonds are symbols of power and are distinguished by having proper names. In monarchies, kings, queens and other members of the royal house, possessed and wore them as symbolic and actual property. When a royal power waned they transited to another, stronger, often shrouded in the secrecy of the transaction. In this paper we retrieve the history of two famous diamonds originating in India: The Sancy - or the diamond with the armorial bearings of the king of Portugal - and the Mirror of Portugal; there is news that they belonged to Charles the Bold, Duke of Burgundy, son of Philip the Good and Isabella of Portugal, and later came into possession of Manuel I, the Fortunate, king of Portugal. Concerning the Sancy we can rebuild the history back to these days where it appears in the gallery of Apollo in the Louvre museum. The diamond named Mirror of Portugal lost the trail in 1795. Firstly symbols of absolute power of the monarch, famous diamonds become later a form of ennoblement of the industrial era millionaires, and also rare goods recovered for the collective enjoyment, revealing the powers that govern the world.

Keywords: famous diamonds; symbols of power; Avis Dynasty; Sancy; Mirror of Portugal.

 
Os diamantes do Venturoso (pdf)
 
 
 
 
EDITOR | TRIPLOV
Contacto: revista@triplov.com
ISSN 2182-147X
Dir.
Maria Estela Guedes
PORTUGAL
 
 
 
Página Principal
Índice por Autores
Série Anterior
 
www.triplov.com
Apenas Livros Editora
Revista InComunidade
Agulha
Revista de Cultura
Triplov Blog
www.triplov.com